A verdadeira Cidade da Luz: Lisboa

Não podia estrear essa parte do blog de outra forma que não falando um pouco sobre Lisboa. Cidade natal da minha mãe e do meu marido, onde passei a maioria das minha férias quando criança com meus avós, e agora também a minha casa, é uma cidade que muitas vezes é ignorada pelas pessoas que planejam férias para a Europa. Mas como existem muitos voos diretos para Lisboa de diversas partes do Brasil, acho que vale a pena tentar ficar ao menos 48 horas por aqui para conhecer essa charmosa cidade que mistura tradição e modernidade de uma forma única e muito interessante. A TAP tem até um programa chamado Portugal Stopover com diversas vantagens e descontos para que as pessoas aproveitem mais Portugal.

Para começar vou contar algumas coisas que AMO sobre essa cidade: Ela é relativamente pequena (800 mil habitantes) e segura, mas tem todos os benefícios de uma grande capital; restaurantes excelentes, bares, vida noturna agitada, festivais de música, serviços 24 horas, museus, teatros, concertos, enfim, tudo do melhor!

E a luz dessa cidade não tem igual, de verdade. Fotógrafos vão concordar comigo, que é algo surreal! É espetacular fazer uma caminhada no final da tarde a beira do Tejo, ou em um dos diversos miradouros espalhados por aqui.  Parece uma coisa estranha de comentar, mas mesmo depois de um ano ainda fico em êxtase ao observar o efeito da luz sobre a cidade. E isso por si só já me alegra!

IMG-20170611-WA0030

A comida é outra coisa que amo! E olha que eu não como nada do mar e todos dizem que acabo perdendo o melhor (bacalhau, marisco, peixe fresco etc). Mas mesmo em restaurantes onde a especialidade é o peixe, sempre como muito bem! A carne aqui é muito boa, apesar de preparada de forma diferente da do Brasil. Além disso tem restaurantes de todos os tipos, de chineses, tailandeses até italianos e brasileiros. Come-se muito bem também nas tascas, comida boa e barata. Isso sem falar nos vinhos, no pão (o melhor do universo), os queijos… ummmmm

Vou fazer diversos posts por aqui sobre restaurantes, museus ou passeios que acho que valem a pena em Lisboa. Vou falar também sobre as “roubadas” e o que evitar por aqui. Eu me encontrei em Lisboa então os meus posts sobre a cidade serão sempre um pouco tendenciosos hehehehe. Dizem que o amor é cego né? Então posso estar um pouco cega para os defeitos que com certeza existem por aqui. Mas prefiro aproveitar a minha cegueira e curtir muito cada dia.. Queria muito a opinião de vocês, o que querem saber sobre Lisboa? Portugal?

dav
Felicidade resume!

Queria dar três dicas genéricas que acho que ajudam MUITO qualquer pessoa que vem para cá:

  • Em Lisboa, ande SEMPRE de Uber ou Cabify. Tenho trauma dos táxis aqui. Sempre tentam enrolar, a maioria é bem mal educado e muitos carros estão caindo aos pedaços de velhos. Existem táxis legais? Claro que sim, mas posso dizer que 90% das minhas experiências com táxi aqui foram péssimas. E não foram poucas.
  • SEMPRE SEMPRE diga Bom dia, boa tarde ou boa noite quando for começar uma conversa com qualquer português. Eu dizia sempre “Oi, tudo bem?” mas aqui não é considerado educado. Um “bom dia” te abre muitas portas e ganha a simpatia das pessoas. Parece uma dica boba, mas acredite, sua vida de turista aqui ficará MUITO melhor!
  • Sempre reserve restaurantes! Eu não estava habituada a fazer isso no Brasil e aqui dei de cara na porta de diversos lugares. Reserve com alguns dias de antecedência os mais concorridos.

Por enquanto, vou deixar vocês com o roteiro básico para quem só vai passar 24 horas por aqui. Os imperdiveis mesmo. Aos poucos vou recheando o blog com dicas daqui!

09h00 até 11h30 Comecem o dia na região de Belém e aproveitem para comer um pastel de Belém bem quentinho (vale a pena ficar na fila para experimentar, são realmente deliciosos)! Por lá não deixem de visitar o Mosteiro dos Jerónimos, o Padrão dos Descobrimentos e a Torre de Belém. Aqui tudo pode ser feito a pé, as distâncias de uma atração para a outra são bem pequenas. Essa região fica a beira do rio e é deliciosa!

(Para quem tem ao menos dois dias, sugiro passar também pelo MAAT e pelo Centro Cultural de Belém e ver a exposição permanente da coleção do Berardo. Por aqui também se encontra o Museu dos Coches. Na região sugiro almoçar no Café Darwin na Fundação Champalimond. Ou, já mais a caminho do centro, parar no LX Factory, lugar mais COOL de Lisboa com diversas lojas, galerias de arte e restaurantes, para passear e comer alguma coisa.)

Time-Out-Market11h30 até 13h00 Peguem um Uber até o Time Out Market. Para quem tem pouco tempo em Lisboa o Mercado da Ribeira é uma excelente pedida. Tem diversas opções de restaurantes deliciosos com comida bem típica portuguesa, mas funciona como uma grande e moderna praça de alimentação. Polvo a lagareiro, bacalhau a braz, leitão… as opções são infinitas e de chefs renomados. Peça um queijo na Manteigaria Silva de entrada. Eu, pessoalmente, sou APAIXONADA pelo bife do Café de São Bento. Acompanho com um bolo do caco (pão típico da Ilha da Madeira) que tem uma barraquinha própria e é obrigatório para quem ama esses carboidratos como eu! Para beber tem diversas opções de vinho e cerveja, com stands próprios para cada um! Eu amo indicar esse lugar porque você pode variar bastante e tem comida para todos os gostos, e tudo tipicamente português! No verão fica BEM cheio, então a dica é chegar cedo, mas acho que vale encarar mesmo assim.

castelo

13:00 até 17:00 Depois da esbórnia, hora de passear pela Praça do Comércio (Terreiro do Paço) e subir para o Castelo de São Jorge. Uma opção muito divertida são os tuk-tuks que circulam pela cidade. Como são pequenos, conseguem transitar com facilidade nas ruas super estreitas de Lisboa. Curtam a vista do Castelo que é maravilhosa e desçam por Alfama a pé. É um bairro super típico e muito charmoso. Para quem gosta de experimentar bebidas locais, parem em um bar que venda ginjinha. É um licor doce, típica de Óbidos e é vendida em shots.

chiado
Passeio e compras pelo Chiado

17h00 até 18h30 Depois de caminhar tanto, vale a pena pegar um Uber e voltar para o Chiado para observar o final de tarde no miradouro São Pedro de Alcântara. As cores de Lisboa ao fim da tarde são de tirar o fôlego (a tal da luz que falei). Depois uma parada na “A Brasileira” para tomar um café e experimentar o salame de chocolate delicioso que eles servem. Outras excelentes pedidas de doces por aqui são: 1) Landeau (O melhor bolo de chocolate que já comi na vida)  2) Manteigaria (segundo melhor pastel de nata de Lisboa, só perde para o de Belém) 3) Casa dos Ovos Moles – doces conventuais excelentes!

18h30 até 20h30 O dia será um pouco cansativo, então uma parada no hotel para tomar um banho e descansar um pouco vai ser uma boa pedida.

20h30 até a hora que aguentar… Recomendo comer no LESS Restaurant, com ambiente bem agradável e descontraído, em um antigo palacete chamado Embaixada junto ao bar Gin Lovers. Também faz muito sucesso o Cantinho do Avillez, restaurante de um chef premiado que traz modernidade para a cozinha portuguesa. Outra opção: se percam nas ruas do Bairro Alto e escolham um das dezenas de restaurantes charmosos que tem por ali. Depois, aproveitem o agito da região. Para quem quer um clima mais sofisticado com uma vista linda da cidade iluminada tem o Silk Club, mas se quiser curtir uma noite mais típica, explore os bares do Bairro Alto, cada um com seu estilo mas todos muito animados sempre! Eu gosto muito da Pensão Amor também, descendo para o Cais do Sodré. Se ainda tiver pique após os drinks, o badalado Lux começa a ferver por volta das 3 da manhã. Sim, aqui as baladas começam no meio da madrugada e acabam com o nascer do sol… Haja saúde!

Gente, esse é só o roteiro mais básico de todos, para quem realmente for só fazer uma escala de 24 horas por aqui. Lisboa tem MUITO mais para ver e conhecer, e vou postar várias coisas com o tempo.

Espero que aproveitem as dicas! Não esqueçam de me seguir no Instagram e de subscrever ao blog para receber as dicas todas! Beijosss

Anúncios

6 comentários sobre “A verdadeira Cidade da Luz: Lisboa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s